Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

We’re currently migrating data (including scrobbles) to our new site and to minimise data disruption, we’ve temporarily suspended some functionality. Rest assured, we’re re-activating features one-by-one as soon as each data migration completes. Keep an eye on progress here.

Memoirs of an Imperfect Angel
Mariah Carey

Memoirs of an Imperfect Angel

mariah carey · rnb · pop · 2009 · soul

Memoirs of an Imperfect Angel é o décimo-segundo álbum de Carey, lançado em 28 de Setembro de 2009 pela Island Records. Carey começou a gravação do álbum em Janeiro de 2009, período que se estendeu por sete meses. Ao longo da produção e escrita do projeto, Carey trabalhou com The-Dream, Christopher "Tricky" Stewart e Randy Jackson, e compôs e produziu canções que logo depois foram descartadas junto com Jermaine Dupri e Timbaland. Memoirs of an Imperfect Angel é o primeiro álbum que não conteve participações de rappers desde Daydream (1995), e sendo tão profundo quanto Charmbracelet (2002).
Carey decidiu fazer um álbum que lembrasse o seu sexto álbum, Butterfly (1997), por ser o preferido dos seus fãs, e o considerar o seu magnum opus, no livreto de Memoirs of an Imperfect Angel. A cantora disse que a razão do título do álbum era por ser bastante pessoal e dedicado aos seus fãs, e que cada canção teria seu próprio registro de uma história, acompanhada de "uma trilha sonora de rhythm and blues". Memoirs of an Imperfect Angel contém momentos cômicos, e tendo momentos introspectivos e profundos.
A estrutura musical do álbum é influenciada nas raízes R&B da cantora, e seus vocais são cantados finamente, e em algumas canções, seus vocais apresentam a inclusão do auto-tune, manipulando a sua voz.
Depois do seu lançamento, Memoirs of an Imperfect Angel recebeu avaliações geralmente positivas. Alguns críticos disseram que o álbum gerencia simplicidade e desordem de uma só vez, enquanto outros diziam que ele era um de seus álbuns mais sonoramente consistentes. Alguns também notaram a evolução das letras, em comparação ao seu álbum anterior. Comercialmente, o álbum foi um sucesso regular, ficando no top dez em cinco países, e nos primeiros cinco lugares em outros dois. Nos Estados Unidos, o álbum estreou na terceira posição da Billboard 200, vendendo 168,000 cópias na primeira semana. No fim de 2009, o álbum foi certificado disco de ouro, pela Recording Industry Association of America (RIAA).
Três canções do álbum foram lançadas como singles. "Obsessed", a primeira delas, atingiu a sétima posição na Billboard Hot 100, tendo estreado na décima-terceira posição, sua maior entrada desde Maio de 1998. O segundo single a partir do álbum, "I Want to Know What Love Is", atingiu a posição sessenta nos Estados Unidos, e "H.A.T.E.U.", o último single do álbum, foi a quinquagésima canção de Carey a entrar na Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs. Para a promoção do álbum, Carey apresentou as canções do álbum várias ocasiões, como America's Got Talent e The Oprah Winfrey Show, antes de embarcar na Angels Advocate Tour (2009-10).

Lista de faixas:
1. Betcha Gon’ Know (The prologue) 4:00
2. Obsessed (Album Version) 4:02
3. H.A.T.E.U. 4:27
4. Candy Bling 4:03
5. Ribbon 4:21
6. Inseparable 3:33
7. Standing O 4:00
8. It’s A Wrap 3:58
9. Up Out My Face 3:41
10. Up Out My Face (The Reprise) 0:51
11. More Than Just Friends 3:37
12. The Impossible 4:00
13. The Impossible (The Reprise) 2:25
14. Angel (The Prelude) 1:04
15. Angels Cry 4:01
16. Languishing (The interlude) 2:33
17. I Want To Know What Love Is 3:26
18. Obsessed (Cahill Radio Mix) 3:20
19. Obsessed (Seamus Haji & Paul Emanuel Radio Edit) 3:12
20. Obsessed (Jump Smokers Radio Edit) 3:20
21. Obsessed (Friscia and Lamboy Radio Mix) 4:12

Atrações em destaque

API Calls