Saltar para
vídeo do YouTube

Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Biografia

MC5 (que significa Motor City Five) foi uma banda de rock formada em 1964 na cidade de Detroit, Michigan, por Wayne Kramer (guitarra), Michael Davis (baixo), Rob Tyner (vocais), Dennis Thompson (bateria) e Fred "Sonic" Smith (guitarra).

Pouco conhecida, a banda de Detroit MC5, foi precursora do punk e uma das primeiras a fundir a agressividade musical com idéias políticas. O grupo iniciou suas atividades em 66, com o nome Motor City Five. No final da década de 60, gravaram dois compactos que passaram em branco.

Em 69, o destino do MC5 mudou, com a mão do empresário John Sinclair (fundador do movimento White Panter), que conseguiu um contrato com a gravadora Elektra. A banda gravou um disco ao vivo no Grand Balroom, em Detroit. O resultado foi o álbum Kick Out The Jams, um dos trabalhos mais empolgantes da história do rock.

Com letras recheadas de idéias revolucionárias e muitos palavrões, o MC5 teve sérios problemas com a censura. Tornava-se comum ter suas apresentações fossem interrompidas pela policia. Como é o caso da faixa título do disco dizia: “Kick Out The Jams, Mother Fuckers!” (Vamos detonar, filhos de uma puta!). Horrorizada a gravadora fez com que a frase fosse modificada para “Kick Out The Jams, Brothers and Sisters” (Vamos detonar, irmãos e irmãs!). Em 70, assinaram contrato com a Atlantic (onde tiveram que se comportar), enquanto o empresário Sinclair, foi preso, por oferecer maconha a um policial de folga. Lançaram dois álbuns: Back In The USA , em 70, que apresentava os clássicos “Shaking Street” e “The American Ruse”. Quando em 71, lançaram o bombástico High Time, o grupo já minguava por não ter se acertado comercialmente. Pouco tempo depois, em 1972, a banda se desfez.

Os integrantes do grupo continuaram a trabalhar no circuito underground. Noticias sobre apresentações da banda, foram se tornando cada vez menos freqüentes. Os cabeças do MC5, Tyner e Smith, morreram no começo dos anos 90, vendo que as idéias e força da banda que criaram, foram decisivas na influência de inúmeras bandas de punk e rock’n roll.

A partir de 2003, os membros ainda vivos passaram a se apresentar com o nome de DKT/MC5, com convidados como Mark Arm do Mudhoney, Nicke Royale do The Hellacopters, Evan Dando do The Lemonheads, Marshall Crenshaw, Deniz Tek do Radio Birdman , Lisa Kekuala dos The Bellrays, e outros. Handsome Dick Manitoba, do The Dictators tem sido o vocalista na maior parte dos shows desde então. Em Fevereiro de 2012, Michael Davis morreu de insuficiência hepática.

Editar esta wiki

API Calls