Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

Nascido no Rio de Janeiro, Frejat inicia sua carreira musical em 1981 como guitarrista do grupo de Rock Barão Vermelho.

Em 1981, junto com Maurício Barros e Guto Goffi fundaram do grupo Barão Vermelho, onde mais tarde ingressariam Dé e Cazuza. No Barão Vermelho, ele formaria a dupla de compositores Frejat e Cazuza, que ali só tocava covers viria a formar suas proprias canções e um repertorio proprio.

O primeiro LP, "Barão Vermelho" gravado em dois dias não teve muitas vendas, mas influenciaria a banda a lançar o segundo álbum, "Barão Vermelho 2", vindo logo depois "Maior Abandonado" onde implacaria o hit "Bete Balanço" tema do filme Bete Balanço. Logo depois vindo a apresentação no Rock In Rio em 1985. No mesmo ano Cazuza deixaria a banda para dedicar-se a carreira solo, então Frejat assumiria os vocais da banda, e continuando a parceria com Cazuza.

Nestes 20 anos de carreira e treze álbuns, Frejat compôs músicas de grande sucesso na história do rock brasileiro, dentre as quais: "Todo Amor Que Houver Nessa Vida", "Pro Dia Nascer Feliz", "Maior Abandonado", "Bete Balanço" e "Eu Queria Ter Uma Bomba","Pedra, Flor e Espinho", "O Poeta Está Vivo", "Pense e Dance" e "Por você". Ao longo dos anos, a banda teve uma constante renovação, que atraiu novos fãs. Seus shows atraiam um público numeroso, e as vendas de alguns discos atingiram marcas bem altas.

A liderança de Frejat sempre foi considerada essencial no sucesso da banda, e sempre esteve envolvido em cada novo lançamento, passando da composição até a produção e pós-produção dos CDs.

Ao longo dos anos, além de gravar e produzir os discos de sua banda, Frejat consolida-se como produtor e cultiva importantes parcerias com Cazuza, Luís Melodia, Waly Salomão, Chacal, Gabriel O Pensador, Dulce Quental e Evandro Mesquita.

Em 1989, produz o disco da banda punk paulista Inocentes e cinco anos mais tarde organiza um CD-tributo a Roberto Carlos intitulado Rei, no qual diversos artistas reinterpretam composições do cantor.

Em 1995, produz o disco de estréia do pernambucano Jorge Cabeleira e O Dia Em Que Seremos Inúteis.

Em 2001, lançou seu primeiro album solo Amor pra Recomeçar, obtendo sucesso com a faixa-titulo, "Homem não Chora", "Segredos" e "Quando o Amor Era Medo", onde vários artistas proeminentes gravaram arranjos de suas composições, incluindo Caetano Veloso, Gal Costa, Cássia Eller e Ney Matogrosso. Em 2003 lança seu segundo álbum Sobre Nós Dois e o Resto do Mundo e em 2008 Intimidade entre Estranhos, realizando uma turnê pelo Brasil para divulgação do trabalho.

Roberto Frejat foi eleito por uma revista britância o melhor guitarrista brasileiro dos anos 80.

Solo
* 2001: Amor Para Recomeçar
* 2003: Sobre Nós Dois e o Resto do Mundo
* 2008: Intimidade Entre Estranhos

Com o Barão Vermelho
* 1982 - Barão Vermelho
* 1983 - Barão Vermelho 2
* 1984 - Maior Abandonado
* 1986 - Declare Guerra
* 1987 - Rock'n Geral
* 1988 - Carnaval
* 1989 - Barão ao vivo
* 1990 - Na Calada da Noite
* 1991 - Acústico MTV - Barão Vermelho
* 1992 - Barão Vermelho 1985 - Rock in Rio 1
* 1992 - Supermercados da Vida
* 1994 - Carne Crua
* 1996 - Álbum
* 1998 - Puro Êxtase
* 1999 - Balada MTV - Barão Vermelho
* 2004 - Barão Vermelho
* 2005 - MTV ao vivo - Barão Vermelho

Editar esta wiki

API Calls