Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

história da banda Crystal Eyes começa em 1992, na fria e distante Suécia, quando o jovem Mikael Dahl, que tocava guitarra e cantava, se juntou ao amigo Niclas Karlsson, que também tocava guitarra, para formar uma banda de Heavy Metal, que tinha como objetivo, fazer algo diferente das demais bandas no cenário. O início foi bem difícil, pois houve diversas mudanças de formação. Christian Gunnarsson foi o primeiro baixista da banda, enquanto o primeiro baterista… bem, no início não havia baterista, a banda utilizava uma bateria que era programada por Mikael. Tal baterista “não-humano” recebeu o nome de Alesis HR-16. Nos anos seguintes, as mudanças de formação também foram constantes e o line-up da banda, da primeira demo, em 1994, que recebeu o nome de “Crystal Eyes” foi: Mikael Dahl (vocal e guitarra), Niclas Karlsson (guitarra), Mikael Blohm (baixo) e Martin Tilander (bateria).

Após o lançamento da primeira demo, a banda Crystal Eyes sofreu outras modificações na formação. Niclas Karlsson e Martin Tilander abandonaram a banda, para se integrar à banda Fierce Conviction, que hoje se chama apenas “Conviction”. No lugar dos dois integrantes que saíram, entraram Jukka Kaupaamaa (guitarra), Kujtim Gashi (bateira) alem do novo baixista Kim Koivo. Kim teve que ser substituído temporariamente por Marco Nicolaidis. Com essa formação, em junho de 1996, a banda lançou a segunda demo tape, intitulada “The Shadowed Path”. Tal demo tape teve boa repercussão na Europa.

Como algo constante na banda, mais uma vez houve mudança de formação: Claes Wikander assumiu o baixo, e em março de 1997, a banda lançou a terceira demo: “The Final Sign”. Mais uma vez, a nova demo da banda foi sucesso, recebendo elogios em revistas e fanzines. Porém, quando todos pensavam que se tratava de uma formação fixa, o guitarrista Jukka abandonou a banda. No lugar de Jukka, assumiu Jonathan Nyberg. Jonathan participou da gravação da quarta demo tape da banda, que foi lançada em junho de 1998 e recebeu o nome de “The Dragon's Lair”. Tal demo tape foi a grande prova de que a banda estava madura o suficiente para lançar um álbum. Várias gravadoras ofereceram contratos de gravação, porém, a gravadora “Crazy Life Music/abs records” fez a proposta mais interessante.

Com um contrato na mão a banda entrou em estúdio e gravou o primeiro disco, que foi lançado no dia 26 de abril de 1999. Tal disco recebeu o nome de “World Of Black and Silver”. Revistas do mundo inteiro elogiaram o disco de estréia da banda. Fazendo um Power Metal Melódico de primeira, com muitas influências de HELLOWEEN, a banda passou a ser considerada a grande revelação no estilo. Com músicas cativantes, com refrões empolgantes, a banda foi aos poucos conquistando o público no mundo inteiro. Tal disco foi lançado no Brasil, um dos países responsáveis pelo grande sucesso da banda, pois as vendas do primeiro disco do Crystal Eyes, no Brasil, foram acima das expectativas.

Em setembro de 2000, a banda entrou novamente em estúdio. O objetivo era gravar um disco tão bom quanto primeiro. Lançado no final de 2000, no dia 11 de dezembro, o álbum “In Silence They March” seguiu a mesma linha do primeiro álbum: Power Metal Melódico de altíssima qualidade e com as mesmas peculiaridades, como os refrões sensacionais e vocais perfeitos.

Discografia:

World Of Black And Silver (1999), In Silence They March (2000), Vengeance Descending (2003), Confessions Of The Maker (2005), Dead City Dreaming (2006), Chained (2008).

Editar esta wiki

Não quer ver os anúncios? Assine agora

API Calls