Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Alessi's Ark é o projeto musical de Alessi Laurent-Marke (nascida no dia 30 de junho de 1990), uma cantora e compositora de Hammersmith, no oeste de Londres.
Alessi Laurent-Marke cresceu em Hammersmith, Londres onde seu pai, Alan Marke, é um produtor de televisão que trabahou em programas de TV como Modern Toss, Snuff Box e Shooting Stars e também é empresário da produção televisiva Channel X.

Ela entrou na música quando sua mãe lhe deu uma cópia do álbum Songs for Beginners, de Graham Nash's de 1971 e começou a tocar com 11 anos quando a escola secundária aonde estudava requeriu alunos para tocar instrumentos musicais, ela decidiu tocar bateria influenciada por Meg White, depois de assistir ao show dos White Stripes no Alexandra Palace. Seu professor de bateria tocava em diferentes bandas locais e a partir daí ela começou a ir em diferente shows com seu pai, às vezes, indo até quatro vezes por semana a shows. Isso fez com que ela criasse sua própria fanzine chamada Brain Bulletin (que agora continua em formato de blog) no qual ela escreve sobre suas bandas, livros e filmes favoritos. Inspirada na família de um amigo de Nova York, que escrevia uma fanzine chamada The Curse, elas distribuia em shows, lojas de discos e em uma lavanderia na Shepherd's Bush Road.

Em parte para seu currículo em música na escola ela tinha que compor uma música e escrever a letra também. Com seus acordes básicos que ela tinha aprendido dedilhando o violão da irmã e a "combinação da poesia e as histórias que ela tinha escrito na fanzine" ela compôs a canção chamada Glendora (que acabou em seu primeiro álbum), que o professor incentivou-a a cantar no auditório da escola. Descobrindo uma nova paixão por compor e apresentar-se, ela decidiu deixar a escola para seguir com a carreira de musicista com 16 anos. Entretando, incentivada por seus pais, ela prometeu a eles que ela voltaria para o colégio depois de um ano se ela não conseguisse reconhecimento. Durante esse tempo ela rapidamente conseguiu um bom número de fãs postando demos no Myspace e autolançando um EP chamado Bedroom Bound que ela vendeu através de sua página (com seu selo independente Zooey). Para evitar confusão com a dupla musical Alessi Brothers, sua mãe sugeriu criar o nome Alessi's Ark: "Eu gostei da ideia de uma barco, onde todos são bem-vindos, até os amigos que estão geograficamente distantes - nós estamos juntos.". Apresentando o máximo de shows que ela era capaz e tocando em "qualquer lugar", representantes dos Heavenly Records e EMI logo viram sua performance e ofereceram negócio. Na véspera de seu 17º aniversário ela assinou com Virgin Records, uma divisão da EMI.
Perguntaram à ela quem seria seu produtor dos sonhos para o primeiro álbum, Alessi disse Mike Mogis, produtor de Rilo Kiley e membro do Bright Eyes. Ela encontrou-se com ele em Londres depois do show do Bright Eyes no Shepherd's Bush Empire no começo de 2008: "Eu dei a ele algumas fanzines e alguns demos e eu gostei dele logo de cara. Eu quero dizer, eu estava muito nervosa mas ele é um homem muito especial e muito centrado, isso me fez relaxar.". Mogis concordou em trabalhar com ela e em setembro ela viajou para Nebraska para gravar o álbum no estúdio Mogis' and Conor Oberst's em Omaha.

O álbum resultante, Notes From The Treehouse, foi lançado em maio de 2009, com direito a covers e algumas músicas do EP Bedroom Bound, assim como novas composições como The Dog and Hummingbird. O álbum também teve parcerias com vários músicos que inspiraram ela a começar a fazer música incluindo Jake Bellows do Neva Dinova e Nate Walcott do Bright Eyes.

Em sequência ao lançamento do álbum, Alessi's Ark continuou a tocar ao vivo ao redor do Reino Unido e em suporte à várias bandas e cantores como Laura Marling, Mariee Sioux, Emilíana Torrini e Cerys Matthews.

Atrações em destaque

API Calls