Carregando o player...

Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Aliaune Badara Akon Thiam, mais conhecido como Akon. É um famoso rapper, compositor, e produtor musical, nasceu em Dakar, Senegal, no dia 30 de Abril de 1973.
Chegou à fama em 2004 na sequência do lançamento de seu single "Locked Up" a partir de seu álbum de estréia Trouble. Seu segundo álbum, Konvicted, ganhou uma nomeação para o Grammy Award junto com o single "Smack That". É o fundador da Konvict Muzik e Kon Live Distribution.
É conhecido por fazer ganchos com vários artistas e tem mais de 130 aparições como convidado e 21 canções na Billboard Hot 100 para o seu crédito. É o único artista a conseguir a façanha de ficar ao mesmo tempo em primeiro e em segundo lugares simultaneamente na carta Billboard Hot 100 duas vezes, com "Don't Matter" e "The Sweet Escape". É filho do percussionista de jazz, Mor Thiam e fala inglês, francês e wolof.

Carreira
Akon é muitas vezes abreviado, Aliaune Thiam, embora outras fontes tenham dito que seu nome é Alioune Badara Thiam, e a About.com diz que seu nome é mais longo, contendo, "Lu Lu Lu", não foi autonomamente verificada. Sua idade foi descoberta recentemente. No entanto, desde então, a AP relatou que ele nasceu em 1973 e tem 35 anos. Algumas instituições da mídia relatou que ele nasceu em 1981. Em setembro de 2007, em uma entrevista para uma Revista Israelita, revelou que a idade dele era entre 25 ou 26 anos.

Antecedentes
É filho do percussionista senegalês Mor Thiam. É muçulmano nascido em St. Louis, Missouri , mas cresceu no Senegal até que aos 7 anos, dividiu o tempo entre Senegal e Estados Unidos até que ele foi aos 15 e, em seguida permanentemente transferido para Jersey City, Nova Jersey. Gravou sua primeira canção, "Operations of Nature", com quinze anos. Foi posteriormente preso por assaltos à mão armada e distribuição de drogas, e usou seu tempo na prisão para trabalhar em sua música. Após a liberação, começou a escrever e gravar faixas em sua home studio. As fitas o levaram a ser contratado pela SRC/Universal, que lançou seu álbum de estréia Trouble, em Junho de 2004. A maioria de suas canções, começa com o som do clank de uma prisão e um celular com ele á proferir a palavra "Konvict."

2004-2005
Seu álbum de estréia, Trouble, foi lançado em 29 de Junho de 2004. Destaques para os singles "Locked Up" e "Lonely", bem como "Belly Dancer (Bananza)", "Pot of Gold", e "Ghetto". Cumpriu um período de três anos de prisão por um grande assalto, uma experiência que inspirou a música "Locked Up" que alcançou o top 10 nos EUA. Seu gerente Robert Montanez foi baleado à morte na sequência de um litígio em Nova Jersey, em Dezembro de 2005.

"Ghetto" tornou-se um hit de rádio, quando foi remixado por Green Lantern para incluir versos de lendários rappers como 2Pac e The Notorious B.I.G. Em 2005, ele lançou o single "Lonely". A música alcançou o top cinco na Billboard Hot 100, e alcançou os topos na Austrália, no Reino Unido e na Alemanha. Em 2005, ganhou mais popularidade após ter participado do álbum de estréia de Young Jeezy, Let's Get It: Thug Motivation 101, com a canção "Soul Survivor", que tornou-se um hit entre os cinco principais da Billboard Hot 100.

2006-2007
Seu segundo album intitulado Konvicted, foi lançado em 14 de Novembro de 2006, o CD incluía colaborações de Eminem, Snoop Dogg e Styles P. No final de agosto de 2006, lançou o single "Smack That" com participação de Eminem, a partir deste álbum. Este single atingiu o segundo lugar na Billboard Hot 100, durante cinco semanas consecutivas. O vídeo da música "Smack That" foi dirigida por Raymond Garced. "I Wanna Love You", o segundo single de Konvicted, foi lançado em setembro de 2006, trata-se de uma colaboração entre Akon e Snoop Dogg. Com este single, alcançou o primeiro lugar no Billboard Hot 100, e Snoop a segunda. "I Wanna Love You" conseguiu nos Estados Unidos a posição por duas semanas consecutivas. Em janeiro de 2007, libera seu terceiro single "Don't Matter", que lhe valeu seu primeiro número #1 solo e o segundo consecutivo pela Hot 100. "Sorry, Blame It on Me" é o quinto single do álbum, e estréia em agosto de 2007 no Hot 100, na sétima posição, que também passou a ter um melhor curso. A canção não está disponível no álbum original, mas sim na parte de Deluxe Edition de Konvicted, que saiu em 28 de Agosto de 2007. O sexto e último single só foi confirmado em uma entrevista por Akon, "Never Took the Time". Konvicted estreiou na segunda posição no Billboard 200, vendendo 286,000 cópias em sua primeira semana. Após apenas seis semanas, vendeu mais de 1 milhão de cópias nos Estados Unidos e mais de 1,3 milhões em todo o mundo. O álbum foi certificado platina depois de sete semanas, e depois de dezesseis semanas, foi certificada dupla platina. Konvicted foi capaz de permanecer no topo da Billboard 200 vinte vezes durante 28 semanas consecutivas, em que atingiu no máximo a segunda posição, em quatro ocasiões diferentes. Em 19 de Novembro de 2007, a RIAA certifica Konvicted álbum de platina tripla, com 3 milhões de unidades vendidas nos Estados Unidos. Atualmente ele já vendeu mais de 4 milhões em todo o mundo.

Em 5 de Outubro de 2006, quebrou um recorde no Hot 100, como ele conseguiu a maior subida na tabela em seus 48 anos de história da Hot 100 com "Smack That", saltou de número 95 para 7. O salto é alimentado pelo seu número #6 na estréia no Hot Digital Songs com 67.000 downloads. O recorde foi quebrado em 7 de Abril de 2007 por Beyoncé e Shakira com "Beautiful Liar" quando ele saltou de 94 para 3, no Hot 100, por causa de seus 150.000 downloads digitais no Hot Digital Songs.

Em dezembro de 2006, com "Smack That" foi nomeado para Melhor Rap / Sung Colaboração na 49º Anual Grammy Awards, mas perdeu para Justin Timberlake e T.I. com My Love. No dia 7 de Julho de 2007, participou do Live Earth concert, New York City do Live Earth. De abril a julho realizou a The Sweet Escape Tour com Gwen Stefani.

Discografia; Álbuns de estúdio
2004 - Trouble
2006 - Konvicted

Bootlegs
2007 - In My Ghetto

Singles
Locked Up (2004)
Ghetto (2005)
Lonely (2005)
Belly Dancer (Bananza) (2005)
Pot Of Gold (2005)
Smack That (feat. Eminem) (2006)
I Wanna Love You (2006)
Don't Matter (2007)
Mama Africa (2007)
Sorry, Blame It on Me (2007)
Never Took the Time (2007)

Prêmios / Nomeações
American Music Awards
2007, Favorito Masculino R & B / Soul Artista (Vencedor)
2007, Favorite Male Pop/Rock Artist (Nomeado)
2007, Artista do Ano (Nomeado)

BET Awards
2007, Melhor Artista Masculino de R&B (Nomeado)
2007, Melhor Colaboração: "I Wanna Love You" (Nomeado)
2007, Melhor Video do Ano: "I Wanna Love You" (Nomeado)

BET Hip-Hop Awards
2007, Melhor Colaboração: "We Takin' Over" (Nomeado)
2007, People's Champ Award: "We Takin' Over" (Nomeado)

Grammy Awards
2008, Melhor Álbum de R&B Contemporâneo: Konvicted (Nomeado)
2008, Melhor de Rap/Sung Colaboração: "I Wanna Love You" (Nomeado)
2008, Melhor Performance de R&B em Duo ou Grupo: "Bartender" (Nomeado)
2008, Melhor Colaboração Pop c/ Vocais: "The Sweet Escape" (Nomeado)
2007, Melhor de Rap/Sung Colaboração: "Smack That" (Nomeado)

MOBO Award
2007, Melhor Representação de R&B (Nomeado)
2007, Melhor Representação Internacional (Nomeado)

MTV Video Music Awards
2007, Melhor Artista Masculino (Nomeado)
2007, Most Earth Shattering Collaboration: "The Sweet Escape" (Nomeado)
2007, Most Earth Shattering Collaboration: "Smack That" (Nomeado)
2005, MTV2 Award: "Locked Up" (Nomeado)

MTV Europe Awards
2007, Melhor Álbum: Konvicted (Nomeado)
2005, Melhor Descoberta Act (Nomeado)
2005, Melhor Execução de Hip-Hop (Nomeado)

Teen Choice Awards
2007, Choice Male Breakthrough Artist (Vencedor)
2007, Choice R&B Artist (Nominated)
2007, Choice Love Song: "Don't Matter" (Nomeado)
2007, Choice Music Single: "The Sweet Escape" (Nomeado)

Vibe Music Awards
2007, Coolest Collaboration: "We Takin' Over" (Nomeado)
2005, Hottest Hook: "Soul Survivor" (Nomeado)
2004, Hottest Hook: "Locked Up" (Nomeado)

Atrações em destaque

API Calls