Descartar

As your browser speaks English, would you like to change your language to English? Or see other languages.

Existe uma nova versão disponível da Last.fm, sendo assim, para manter tudo funcionando perfeitamente, recarregue o site.

Biografia

:PAPERCUTZ é um projecto de música pop de sonoridades sombrias, recortadas e torcidas como as ruas do Porto, cidade onde nasceu em 2005.

Formado por Bruno Miguel e com a participação de diversos músicos convidados, surge na compilação Novos Talentos Fnac em 2008. Nesse ano, lança o primeiro álbum “Lylac” pela editora canadiana Apegenine Recordings. É com “Secret Search”, tema retirado de “Lylac”, que ganha o segundo prémio do International Songwriting Competition, atribuído pelo júri composto por Tom Waits, Robert Smith, entre outros notáveis.

Em Abril de 2009, vence com a faixa “Ultravioleta” a categoria “Off the beaten track” do The People’s Music Awards, em Londres. Do júri faziam parte Annie Nightingale (BBC Radio 1), Emre Ramazanoglu (produtor) e Eddy Temple-Morris (XFM). O ano de 2009 trouxe ainda o destaque da Myspace Internacional com a distinção Ones to Watch, sendo a primeira banda portuguesa a alcançar este reconhecimento.

A promoção do “Lylac” leva os :PAPERCUTZ a apresentar-se ao vivo em 2009 e 2010 na Europa e nos Estados Unidos, com passagem pelo afamado Festival South by Southwest, em Austin, Texas e no Exit Festival, em Novi Sad, Servia. O álbum de remisturas “Do Outro Lado Do Espelho (Lylac Ambient Reworks)” é lançado em 2010 com o selo da editora inglesa Audiobulb Records. A remistura do tema “Lylac”, realizada pelo músico de ambient Helios, e o vídeo do japonês Daihei Shibata formaram a combinação galardoada na edição de 2010 do Protoclip, Festival International du Clip Musical, em Paris.

Na antevisão do lançamento do novo álbum “The Blur Between Us” surgem os convites para remisturar temas para Sun Glitters, Heart Shaped Rock (projecto paralelo de Nite Jewel) e a propósito da compilação que celebra o primeiro aniversário da publicação inglesa de música electrónica Future Sequence, nasce a interpretação do tema “Disintegration”, do álbum seminal dos The Cure, com o mesmo nome.

Já este ano de 2012 a banda volta a ser seleccionada para participar no Festival South by Southwest, onde mostram pela primeira vez o single “Rivers”, integrante do novo álbum viria a ser lançado a 10 Julho em Inglaterra e nos Estados Unidos e 24 de Setembro em Portugal, pela editora Rastilho Records.

O novo álbum "The Blur Between Us" produzido por Chris Coady (Beach House, Yeah Yeah Yeahs, TV On The Radio) e por Bruno Miguel no mítico estúdio "The Carriage House" (onde os Pixies conceberam o agora clássico "Doolittle") apresenta o projecto numa nova fórmula que quebra o lado mais intimista do anterior "Lylac" através de temas mais fortes com uma sonoridade negra, indo de encontro ao universo lírico abordado.

Com a participação de José Luís Peixoto nas letras, é um trabalho conceptual que segue uma narrativa que se inicia começa com a morte de alguém importante para o sujeito em causa e que lhe desperta uma procura do entendimento do próximo e da importância de partilharmos a nossa vida com outros.

Na primavera de 2013 o projecto participará na Red Bull Music Academy, naquele que é um dos maiores palcos mundiais da indústria musical: Nova Iorque. Esta participação parte de uma selecção entre mais de 4 mil candidaturas oriundas de 93 países, sendo nesta edição o único participante português.

Editar esta wiki

API Calls