www.freerecords.com.br

AGORA É FREE!!!!
Primeira gravadora brasileira a adotar o “Creative Commons” para todo o casting é a única que não comercializa músicas. É tudo de graça!

A princípio parece uma companhia discográfica convencional. Mas o que diferencia a Free Records das demais é a forma de distribuição do catálogo.
Todo o conteúdo artístico da gravadora é distribuido livremente pela internet acompanhado de uma licença “Creative Commons”. Criado pelo Professor Lawrence Lessig, da Universidade de Stanford, o “Creative Commons”
é um projeto sem fins lucrativos que disponibiliza licenças jurídicas para obras intelectuais, oferecendo proteção e liberdade a artistas e autores, que encontram o meio termo entre “todos os direitos reservados” e “alguns direitos reservados” para difundir sua obra. Na prática, no caso da Free Records o público poderá baixar gratuitamente, copiar e transferir livremente todos os fonogramas pertencentes à gravadora, podendo utilizá-los para qualquer fim sem necessidade de autorização prévia, desde que sejam respeitados “alguns direitos reservados”: é preciso sempre dar crédito aos autores; a obra original não pode ser adaptada ou modificada, nem poderá ser utilizada com fins lucrativos.

A Free Records não é um portal de mp3, em que os artistas independentes podem disponibilizar livremente suas músicas. O casting da Free Records é rigorosamente selecionado com base em critérios artísticos. A gravadora custeia todo o processo de produção do disco, e trabalha na divulgação, sem que o artista precise desembolsar algum. A Free Records garante que o artista não poe a mão no bolso, nem corre o risco de ficar “na geladeira”, preso em contrato. Os contratos são baseados em obras individuais, não em tempo. O que não impede o artista de querer gravar outros produtos, por outros meios. A gravadora Free Records não comercializa fonogramas , já que todo o conteúdo é disponibilizado de graça, via download, através do site.
Seus contratados, entretanto, tem a opção de fazê-lo. O artista que quiser oferecer ao público a integridade conceitual de sua obra, poderá custear a fabricação de seus próprios CDs, e comercializá-los em shows ou até mesmo no site da gravadora. Nesse caso, a Free Records garante que é apenas uma vitrine, e que todos os recursos provenientes da venda de discos no formato convencional são revertidos integralmente aos artistas.

A Free Records não é um selo, nem uma gravadora independente. Todas na verdade ainda dependem dos atuais “vícios de mercado”, são paradoxalmente dependentes. A Free Records, ao contrário, não depende dos meios convencionais de produção, distribuição e propagação de música, que tem se mostrado ineficientes, e possui um equipadíssimo estúdio próprio, para produzir seus artistas. É sim, uma gravadora apontada para o futuro não muito distante, em total sintonia com seu tempo e com a qualidade técnica e artística do seu casting. Além de todo o catálogo, o internauta conectado à Free Records conta também com fotos e informações dos artistas, notícias, clipes, web rádio, pod cast e participa de promoções com prêmios.

Edited by freerecords on 30 Nov 2007, 19:29

All user-contributed text on this page is available under the Creative Commons Attribution/Share-Alike License.
Text may also be available under the GNU Free Documentation License.

You're viewing version 1. View older versions, or discuss this wiki.

You can also view a list of all recent wiki changes.