RSS
  • Feliz dia dos namorados!

    12 Jun 2011, 14:05 by Russo_the_kira


    Para todos vocês apaixonados de plantão. um feliz dia dos namorados ^^ Enfim é isso, curtão a foto do casal ai Paul M. e Linda M.
  • So Long

    3 Jun 2011, 04:31 by Russo_the_kira



    Guess I'll say so long now
    Don't even say a word
    I'll turn my back and walk away, but oh...
    The day that I've seen everything I promise to return...
  • O Progressivo Morre

    16 Sep 2008, 15:01 by chantinon



    O post original com links e tudo mais pode ser visto aqui

    Esses últimos dias eu tenho falado muito sobre as injustiças relativas a reconhecimento de figuras que mudaram o mundo.

    Ontem (15/09/2008) saiu mais um para tirar a dúvida se existe vida depois da vida (ou da morte?), Richard Wright, pianista/tecladista do Pink Floyd.

    Muitos irão falar:
    _Mas tecladista? Faz falta não! Chama o cãozinho dos teclados que da no mesmo.
    (Se você falar isso na minha cara, ao vivo, espero que você tenha um bom plano de saúde)

    Richard Wright é um dos membros fundadores do Pink Floyd, uma banda que faz jovens de 14 anos de idade gritarem mentalmente palavrões mil, odiando ter nascido nesse tempo de músicas baixadas a custo zero(zero de prazer também).
    Não vi nenhum comentário sobre a real importância desse mestre dos teclados. Pura injustiça, e não posso deixar isso em branco.
    O Pink Floyd, junto com Emerson, Lake & Palmer e The Alan Parsons Project, não só inseriram o uso intensivo de teclados no rock, como trabalharam na eletrônica do equipamento.

    No final dos anos 60, música eletrônica era coisa de alemão, e o Kraftwerk foi quem começou a soldar fios e testar capacitores (válvulas?) para tirar um som maneiro daquele piano elétrico.

    Quem se tornou orientador de todos esses tecladista foi o engenheiro de som Alan Parsons, um cara que está por traz do Abbey Road dos Beatles e The Dark Side Of The Moon do Pink Floyd. Esse senhor é dono da maior discografia de Rock Progressivo do universo, e seu nome deve fazer senhoras que hoje estão na casa dos 60 anos ficarem de calcinhas molhadas e pensarem: “ai como era bom meu LSD”.

    Outros tecladistas que você só vai conhecer se tiver um tio doidão ou for ávido por historia da música são os intocáveis, Kitaro (o modesto) e Vangelis (o arrogante).

    Somando todos esses nomes que citei, você irá conseguir correlacionar TODOS os famosos (ou não) do rock progressivo e pop moderno até os anos 90 (porque depois dos 90 o mundo acabou, só ficou faltando enterrar, e já tá fedendo).

    Minha senhora, não, eu não esqueci de citar Richard Clayderman (ele não merece entrar nessa lista). Esqueci de citar Andreas Vollenweider e Jean Michael Jarre

    Referências para você que não gosta de NX Zero:
    (O que? Você não sabe o que é NX Zero? Tá, eu também não)

    Richard Wright (Inglaterra 1943 - 2008)
    Pink Floyd – A banda (1965 – 1994)
    Emerson, Lake & Palmer – Keith Emerson (Inglaterra 1944 - ?)
    The Alan Parsons Project – Alan Parsons (Inglaterra 1948 - ?)
    Kraftwerk – A banda (1970 - ?)
    Kitaro ( Japão 1953 - ?)
    Vangelis (Grécia 1943 - ?)
    Andreas Vollenweider (Suíça 1953 - ?)
    Jean Michael Jarre (França 1948 - ?)

    Alguns podem reclamar porque não entrou na lista tecladistas nacionais, como Egberto Gismonti (1947 - ?)... Apesar de ter 4 CDs do referido artista, que sim, merece todo respeito, ele não tem o mesmo nível dos gringos listados.

    Não se preocupem nacionalista de plantão, quando algum dos meus preferidos guitarristas bater as botas, irei colocar no TOP LIST, mestre Robertinho do Recife, simplesmente o melhor guitarrista de todos os tempos, e não estou falando do bananal patropi, é do mundo mesmo.

    Injustiças não param de me vir a cabeça...
    Você ai apreciador de Rock Progressivo, já escutou musica Armorial?
    Tem CDs do Sagrado Coração da Terra?
    Almir Sater?
    Odair José?

    E depois vem me chamar de americanizado...
    Globalizado, fiú! (fiú = filho em nordestines), pode chamar de pobre globalizado do submundo esquecido.

    Richard, bota pra F. ai no inferno, dia desses apareço por ai!

  • Primeiro Dia nessa Joçá

    19 May 2008, 00:32 by gugadas

    Boa noite aos leitores desocupados, começa aqui o primeiro post do meu blog...vamo nessa então:

    Hoje foi domingo, ou seja um saco enorme, por ventura tivemos ensaio da banda.
    compareceram 2 dos 4 integrantes, nada mau; gravamos nossa meta atual que não quer se cumprir: Hey Hey what can i do, do led zepellin, foi de longe uma das melhores vezes que tocamos!pena que o baixista ficou em casa, preguiça fala mais alto de vez en quando.

    Após tocar Hey Hey, foi a vez de 2 bem inusitadas: Let it be(!?) e house of the risisng sun, não ficou ruim não;depois de bastante conversa jogada fora, perdemos um longo(...) tempo brincando de fazer musica techno e pra terminar o ensaio GH3...que não deu uns 10 minutos.

    E aqui termina o primeiro post, proximo ensaio teremos mais ;D

    PS: estarei viajando final de semana, o blog será atualizado normalmente.
    Artista da semana: Tony Royster Jr.

    [video artist=Tony Royster Jr.]http://www.youtube.com/watch?v=WPncumXZExo[/video]


    Good night to my bored readers, here begins the first post in my blog ... that'll then:

    Today was Sunday, that is a huge bag, for venture had test of band.
    2 of 4 members attended, nothing bad; record our current goal is not to meet is: Hey Hey what can i do, led zepellin, was by far one of the best times to play! pity that the bass was at home, laziness talks highest ever in when.

    After touching Hey Hey, it was the turn of 2 and unusual: Let it be (?) And risisng house of the sun, there was not bad; after much conversation played out, lost a long time (...) of playing make techno music and get to finish the test GH3 ... that did not give us 10 minutes.

    And here ends the first post, next test we have more D

    PS: will be traveling end of week, the blog is updated normally.
    Artist of the week: Tony Royster Jr.


    sorry the google translation....